Google+ Followers

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Contribuições do Professor Vanderley - Feliz Natal!


Matemáticos entrando no clima de Natal...


                                      


Químicos entrando no clima de Natal...





A Matemática do Natal


A Verdadeira História de Papai Noel
“o verdadeiro espírito de Natal”

Desde criança, sabemos que no Natal comemora-se o nascimento de Jesus Cristo. Além dele, outra figura tem um papel especial nessa história. É um bom velhinho, de barba branca e coração generoso, que mora no Polo Norte e viaja o mundo inteiro para entregar presentes para as criancinhas comportadas. Mas afinal, quem é esse bom velhinho? De onde veio? Será que ele realmente existiu?

Bom, muitos já devem ter ouvido falar dessa história. Mas algumas pessoas desconhecem a origem da tradição de presentear uns aos outros na véspera de Natal. Papai Noel, que na verdade chamava-se Nicolau, nasceu na cidade de Lícia, na província de Anatólia, uma das regiões da Ásia Menor (hoje Turquia), no ano 281, onde viveu do final do século III até o início do século IV.

Filho de pais ricos, Nicolau viajava muito e sempre teve em mente ajudar os mais necessitados por onde passava. Uma das histórias mais conhecidas sobre o bom velhinho é a de um guerreiro do exército romano chamado Licondro. Arruinado financeiramente, vivia o drama de não saber como casar suas três filhas, pois não tinha como pagar os dotes. Dizia para todos que as prostituiria, por não ter como casá-las. Por esse motivo, Nicolau deixou um saco de moedas de ouro embaixo da janela da mais velha. Outra versão da história é a de que Nicolau teria atirado o saco de moedas pelas chaminés das casas e enchido de dinheiro as meias que foram colocadas para secar.

Nicolau se tornou bispo, quando o que morava na cidade de Mira morreu. Os anciões, por não conseguirem escolher um sucessor, optaram por colocar a decisão nas mãos de Deus. Dizem que naquela mesma noite, o mais velho do grupo teve um sonho onde o Senhor lhe dizia que o primeiro homem a entrar na igreja, na manhã seguinte, deveria ser o escolhido. Como era costume acordar cedo e ir à Igreja para rezar, Nicolau foi premiado pela profecia do sonho e se sagrou o bispo mais jovem da história de Mira.

Nicolau morreu no dia 06 de dezembro de 350. Foi canonizado e tornou-se um dos santos mais populares do cristianismo. Na Inglaterra existem mais de 400 igrejas com seu nome. São Nicolau é padroeiro das crianças e dos marinheiros. Diz a lenda que, antes de ser canonizado, Nicolau viajava muito. Em uma viagem com destino à Terra Santa, houve uma grande tempestade e todos estavam com muito medo. Nicolau pediu a Deus que a tempestade cessasse. Logo depois a calmaria voltou e os marujos atribuíram o acontecimento a um milagre de Nicolau.

Seja santo ou bom velhinho, o importante é que o verdadeiro objetivo do Natal é ajudar a quem precisa. Além de presentearmos quem amamos, também devemos ajudar o próximo. Dar carinho a quem não tem. O Natal é o dia da solidariedade, da união, da confraternização e nenhum outro presente deve substituir isso.


A Janela do Hospital
O jeito que vemos o mundo e o descrevemos a outras pessoas pode fazer melhorar a vida dessas pessoas.
“Há pessoas que passam assim na nossa vida por alguns meses, dias ou até mesmo algumas horas... Mas são capazes de tornarem os nossos dias melhores e nos marcam para sempre... Não é o quanto tempo que você ficou com alguém que torna o momento inesquecível... Mas sim o que você proporcionou a ela a cada segundo em que você esteve ao lado dessa pessoa.”


Que “o verdadeiro espírito de Natal” esteja presente no seu coração.

Desejo a você e a sua família um Natal repleto de paz, saúde e felicidade!

E um 2016 repleto de realizações!

Nenhum comentário:

Postar um comentário